Tempo Litúrgico - Quaresma - Cor Roxo

Verde

O Roxo na Quaresma: Aqui o roxo se refere a uma profunda interiorização num tempo forte de penitência e conversão, de jejum e oração.


O Tempo da Quaresma é o período do ano litúrgico que antecede a Páscoa cristã, sendo celebrado por algumas igrejas cristãs, dentre as quais a Católica, a Ortodoxa, a Anglicana, a Luterana.

A expressão Quaresma é originária do latim, quadragesima dies (quadragésimo dia). O adjetivo referente a este período é dito quaresmal ou, mais raro, quadragesimal.

Em diversas denominações cristãs, o Ciclo Pascal compreende três tempos: preparação, celebração e prolongamento. A Quaresma insere-se no período de preparação.

Os serviços religiosos desse tempo intentam a preparação da comunidade de fiéis para a celebração da festa pascal, que comemora a ressurreição e a vitória de Cristo depois dos seus sofrimentos e morte, conforme narrados nos Evangelhos.

Esta preparação é feita através de jejum, abstinência de carne, mortificações, caridade e orações.

A separação do Carnaval e o período da Quaresma inspira um vasto grupo de tradições folclóricas, algumas oriundas de ritos anteriores ao Cristianismo referentes ao pouso do inverno e do posterior renascimento primaveril da terra, no hemisfério norte.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Semana Santa

Relatório Contábil

Aniversariantes de Abril

Programa das Missas de Abril

Dia 02 Quarta-Feira 19h30 Missa na Matriz Dia 05 Sábado 10h00 Missa no Itacuruçá 16h00 Missa no Iririaia 19h30 Missa no Carijó Dia 06 Domingo 08h00 Retiro Espiritual 09h00 Formação de Catequistas 09h00 Liturgia da Palavra na Matriz 09h00 Missa no Acaraú 19h30 Missa na Matriz Dia 09 Quarta-Feira 19h30 Confissão Comunitária nas comunidades Dia 12 Sábado 11h00 Renovação. dos Votos Matrimoniais - Matriz 16h00 Missa no Santa Maria 19h00 Missa no Mandira Dia 13 Domingo de Ramos 09h00 Missa de Ramos Rocio 19h00 Procissão de Ramos e Missa na Matriz Dia 15 Terça-feira 19h00 Missa dos Santos Óleos na Matriz Dia 16 Quarta-Feira 19h00 Missa no São Paulo Bagre DIA 17 Quinta-Feira-Ceia do Senhor 20h00 Missa da Ceia do Senhor na Matriz DIA 18 Sexta-Feira 15h00 Paixão do Senhor 18h00 Encenação da Via Sacra Dia 19 Sábado 17h30 Vigília Pascal e Batismo no Porto Cubatão 21h00 Vigília Pascal e Batismo de Adultos na Matriz Dia 20 Domingo - PÁSCOA 09h00 Missa e Batismo das Crianças na Matriz 16h00 Missa no Rio Branco 19h30 Missa na Matriz Dia 23 Quarta-Feira 19h30 Missa na Matriz DIA 24 Quinta-Feira 15h00 Missa no Pontal 19h00 Enseada da Baleia - Batismo DIA 21 Sexta-Feira 15h00 Missa no Marujá 19h30 Missa no Ariri Dia 26 Sábado 09h00 Festa de São Marcos no Varadouro 14h00 Seminário em Registro Dia 27 Domingo 09h00 Seminário em Registro 16h30 Itapitangui - Batismo (03 Catecúmenos) 19h30 Missa na Matriz Dia 29 Terça-feira 19h30 Setor IV - Pariquera-Açú Dia 30 Quarta-Feira 19h30 Missa na Matriz

João Paulo II e João XXIII, novos Santos da Igreja

O Vaticano anunciou que vai fazer uma cerimônia mais sóbria e sem extravagâncias para a canonização dos papas João Paulo II e João XXIII. A cerimônia será no dia 27de abril. Francisco havia confirmado que os dois papas seriam declarados Santos após a Igreja ter reconhecido um segundo milagre atribuído a João Paulo II, que liderou os católicos por 27 anos até sua morte, em 2005, quando foi sucedido por Bento XVI. A canonização do papa polonês veio em tempo recorde, mas seguiu todos os passos prescritos pela Igreja. João XXIII foi papa de 1958 a 1963, e seu pontificado foi marcado pela realização do Concílio Vaticano II, que buscou reformar a liturgia católica e estabeleceu novas diretrizes para a Igreja com o objetivo de aproximá-la mais dos fiéis. O papa Francisco convidou o pontífice emérito Bento XVI às canonizações de João Paulo II e de João XXIII, que acontecerão no dia 27 de abril na Praça de São Pedro, mas a presença de Bento XVI ainda não foi confirmada. (fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/internacional/papa-define-data-para-canonizar-joao-paulo-ii-e-joao-xxiii)

Conhecendo a nossa Igreja

A Bíblia vem da Igreja ou a Igreja vem da Bíblia?
Foi a Igreja Católica que fez o Novo Testamento. O Novo Testamento foi escrito pelos apóstolos e discípulos muitos anos depois da ressurreição de Jesus. A Igreja nasceu antes de o Novo Testamento ser escrito, mas a Igreja Católica fundava comunidades eles eram fiéis aos ensinamentos, a tradição oralmente, ou você acha que eles estavam ensinando com uma Bíblia nas mãos sem ser escrita, ou ela veio de para queda do céu, por isso a autoridade da Igreja é maior, a Igreja não nasceu da Bíblia escrita, só no ano de 51 foi escrito o primeiro livro do Novo Testamento, você acha que a Igreja esperou a Bíblia ser escrita para evangelizar? Pois levou 50 anos para terminar de serem escritos os livros, o último o Apocalipse no ano 100, não existe Bíblia sem Igreja Católica. Tem uma coisa ainda quem escolheu os livros que é Bíblia que seriam adotados foi a Igreja Católica, levou 200 anos para decidir os livros, mas você acha que a Igreja esperou esses anos para ser Igreja? Não. Por isso nós cremos a Igreja primeiro depois a Bíblia. Foi a Igreja Católica que escolheu os livros. “Foi a Tradição apostólica que fez a Igreja discernir que escritos deviam ser enumerados na lista dos Livros Sagrados”(DV 8; CIC,120). Portanto, sem a Tradição da Igreja não teríamos a Bíblia. Santo Agostinho dizia: “Eu não acreditaria no Evangelho, se a isso não me levasse à autoridade da Igreja Católica”(CIC,119).

CODIPA ampliado

Por Neyton João Pontes
No último dia 29 de março tivemos a reunião do CODIPA – Conselho Diocesano Pastoral em Registro, sede da Diocese. Em pauta estavam reflexões e discussões sobre as comunidades paroquiais, suas dimensões e setorização. Logo após foram apresentados os objetivos para o ano de 2014 e votação das propostas. Dom José, bispo diocesano, apresentou as diretrizes da Diocese e as atividades que acontecerão no decorrer do ano.